sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Geração Google


Vivemos em um período complicado, pois achamos já termos vivido demais e por isso não temos que nos preocupar com muito do que está a nossa volta. Acreditamos que somos inteligentes demais para deixar uma nova ditadura ocorrer ou simplesmente uma aristocracia. 
Tendemos a ignorar os problemas e chamar de chato quem se preocupa demais. Essa é a geração moderna. A geração em que ficar parado fazendo uma coisa só, é perda de tempo, mas assistir TV com o smartphone nas mãos é estar atualizado. Temos os problemas nas mãos em blogs de noticias ou até em posts no Twitter, mas ainda assim o ignoramos. Passamos direto. Mudamos de canal. 
Esse somos nós. As pessoas que conversam sobre problemas mundiais durante a cerveja com os amigos ou na Sessão da tarde, mas depois vão dormir. Reclamamos, mas aceitamos os problemas. Protestamos e voltamos para o WhatsApp. 
Isso não é uma crítica, é o que se vê. Faço parte dessa geração. A geração em que a universidade é uma fabrica de currículos. Os livros certos são portais para o emprego dos sonhos. O trabalho é o portal para mais trabalho, não há sentido, há busca por mais emprego. 
Nossos ídolos são os psicopatas da TV e os heróis de colam. Nossas músicas não precisa dizer muito ou se disser, deve cantar nossos sentimentos ou quem somos. O cinema é a nossa vida e os amores líquidos nossa alma gêmea. 
As guerras estão na TV e nos livros de história. Os ditadores mortos ou no History Channel. Geração do Ocidente que acredita no que se passa na TV. A geração que escolhe acreditar e mudar de canal. Somos espectadores de um mundo aparentemente teatral e pronto, só precisamos escolher a peça e entrar no papel. 






Achei o curta acima há alguns dias, ele é uma sátira ao que cada vez mais nos tornamos. Uma geração que parece ultrapassar a Geração Coca-Cola da música do Renato Russo mais que negativamente.
Tudo é questão de perspectiva. Essa é a minha maneira de ver a então geração Google. Qual é a sua? 

Obs: Essa não é uma definição que se aplica a todas as pessoas, isso é relativo! Baseada em valores pessoais.
Blog Widget by LinkWithin
Comentários
38 Comentários

38 comentários:

  1. Verdade que somos essa geração haha
    As pessoas se incomodam muito com isso, principalmente a geração passada né, mas realmente eles não entendem que assim sabemos de tudo na hora em que acontece ou aproximadamente .-.
    Adorei o post!
    beijos
    Ganurb

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza ;p
      Muito obrigada flor
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  2. amei esse curta hsauhsauh mas ta bem assim mesmo, nós estamos cada vez mais "online" na internet que esquecemos a nossa própria vida, e fazemos tudo de qualquer jeito para voltar pro celular, pc, ou qualquer outra coisa!
    xoxo
    http://olivroemquehabito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom neh? Esquecemos do exterior e vivemos outra vida em outro mundo.
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  3. Olá, caramba mana, estou digitando com os pés porque com as mãos estou aplaudindo. Você relatou exatamente o que acontece com a sociedade, com nós no caso, onde o trabalho é uma forma de ganhar dinheiro e não de se fazer o que gosta, onde todos os amores são amores da vida, onde todo mundo reclama e não sai nunca do lugar, por isso onde, e não aonde porque nunca sai do lugar hihi 'u'
    Freilos da Julianinet ❥
    http://julianinet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee
      Ownnn brigadaaaaaa *0*
      Mas, infelizmente, tudo isso é mais real do que eu gostaria de admitir ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  4. Olá, caramba mana, estou digitando com os pés porque com as mãos estou aplaudindo. Você relatou exatamente o que acontece com a sociedade, com nós no caso, onde o trabalho é uma forma de ganhar dinheiro e não de se fazer o que gosta, onde todos os amores são amores da vida, onde todo mundo reclama e não sai nunca do lugar, por isso onde, e não aonde porque nunca sai do lugar hihi 'u'
    Freilos da Julianinet ❥
    http://julianinet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Muito bacana o texto,concordo com voce em vários pontos, precisamos realmente se importar mais.
    Abraço!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee
      Muito obrigadaa, pois é está tensooo
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  6. Olha eu acho que nós somos uma geração de acomodados, temos celulares inteligentes e pessoas ignorantes pode até estar rolando uma guerra de baixo do tapete que parece que ninguém se importa. Esse é o nosso mundo deveríamos prezar o que é nosso mas é como se não deixassem que isso aconteça ouvimos falar que a água esta acabando mas culpamos outras pessoas ao invés da gente mesmo pelo consumo exagerado.

    www.descrevendonuvens.com
    www.facebook.com/descrevendonuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos mesmo. Acabamos deixando tudo passar em volta para nos concentrarmos em nós e no nosso mundo virtual. Deixamos tudo passar e não fazemos nada para mudar ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  7. Oii!
    Menina, que profundeza .... *-*
    Adorei e concordo plenamente .
    Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee
      Muito obrigadaa Markus ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  8. Oii, tudo bem??? Que ótima postagem =D Amei, amei, amei. Com certeza vale a pena ler e refletir. Infelizmente estamos vivendo nesta era. tenho um horror a tentar conversar com alguém e ela ficar o tempo todo no celular ou afins. É aquela coisa não é? A tecnologia "aproxima" quem está longe e afasta quem está perto. Há discussões sobre inúmeros assuntos, mas nada é realizado de verdade
    beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee
      Muito obrigadaaa
      *0*
      É muito chato falar com quem só fica no celular mesmo. Dá vontade de mandar mensagem pedindo pra pessoa prestar atenção em mim kkk
      Sem dúvidas, o que adianta afastar quem dá perto e aproximar quem está longe?
      Pois é, infelizmente
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  9. Que tapa na cara monstrooooo.... Estou dolorida!!! Eu simplesmente concordo com sua visão... tento ser mais que isso, tento expandir meus horizontes para não cair nas armadilhas e me torna alheia a realidade ou reduzida por ela, tento não ser uma coisa só... Mas é como remar contra a mare, exige força, foco, disciplina... Não é um exercício fácil.


    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk
      Eu também sempre tentando, mas confesso que as vezes é complicado.
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  10. Oiii.. Olha, concordo com você... estamos tão conectados e, ao mesmo tempo, tão distantes de tudo...
    Precisamos nos aproximar, mas acho que a dinâmica do mundo mudou...

    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee
      Sempre nos distanciando do mundo real ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  11. Realmente, faço parte dessa geração embora saiba que as coisas deveriam mudar, não faço nada a respeito e acho que infelizmente poucos de nós fazemos.

    Beijos,
    tea-with-cake.net

    ResponderExcluir
  12. Acho que a última coisa que faço é ficar fazendo uma coisa só ou só brisando num app, é insuportável, nasci nessa geração mas a detesto rs única coisa boa dela, é que conheci ótimas pessoas por estar conectada... em uma guilda num jogo UHDSAUHDKSAHDKUA amigos até hoje


    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há pontos positivos e negativos, mas o que não tem? Essa geração nos define e a questão não é fugir dela, mas tentar não deixá-la nos dominar. Também, tenho vários amigos online kk
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  13. Nossa! Descreveu tudo.. Parabéns pelo texto, me fez parar e refleti um pouco sobre essa nova geração... Tipo, infelizmente as coisas estão muito avançadas, a tecnologia em alta.. e por mais que tentemos nos sair, não mais conseguimos, pois a mesma nos prendeu. Mas, as coisas precisam mudar, pois maior parte do nosso tempo passamos conectados, e deixando de lado coisas importantes da vida, como um abraça, uma boa conversa face a face, e está do lado de quem amamos.

    http://destinoincertoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigadaa
      Sem duvidas isso nos prendeu, pois é acho que é questão é não deixar isso nos dominar.
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Ótimo texto Ágatha! Parabéns! E o curta muito bem escolhido se encaixa perfeitamente ao tema do seu texto...

    Fique bem, um abraço menina!
    http://viaspensantes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Rodrigo *-*
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  16. Amei o seu texto!
    Chega a confrontar nossas atitudes, amo esse estilo de escrita!

    Beijos,
    rodoviadezenove.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá, vi essa animação dias atrás e fiquei bem refractiva. Isto está tanto no nosso dia a dia que achamos normal.
    Adorei sue texto e sua opinião;

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, cada vez mais ;p
      Muito obrigadaa
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  18. Alo
    Sabe, eu penso que essa geração é a que mais me dá medo de certa forma, pois está mais próxima da regressão a um estado primitivo do que qualquer outra, quero dizer apesar de se ter acesso a informação (ave Google) acho que poucas pessoas realmente sabem como tirar proveito dela. Minha crença não é exatamente a de que a alienação física das pessoas seja o maior dos problemas, embora seja um enorme problema a ser combatido, o que me dá medo é ver a crescente agressividade que o anonimato da internet, por exemplo, promove. Imagino que este mesmo tipo de pessoa, pelo menos algumas horas por dia ainda fique no mundo real e me preocupa e muito o que ela pode fazer quando passa esse tempo no mundo real.
    bjos LP
    quatroselos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee
      Sem duvidas, acabamos por não usar isso de maneira proveitosa, mas nos deixando dominar por tudo isso.
      Adorei sua opinião
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  19. pior que a coisa esta indo por esse lado mesmo. O mercado estimula mais as pessoas comprarem, para ficar mais conectados é cada vez sermos pessoas sem nenhum conteúdo bom para espalhar. Sinceramente não sei o que seremos daqui mais uns anos, mas a unica coisa que eu tenho certeza é que somos sim, a geração google. beijos coração
    http://joicyrecco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim *-* Cada vez mais ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  20. Olá Ágatha,

    Excelente texto, realmente as pessoas perderam a noção das coisas e precisam acordar enquanto ainda é tempo....bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Marco,
      Muito obrigadaa, sem duvidas ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Screepeer - 2015. Todos os direitos reservados.
Design Por: Jordânia Queiroz.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo