sábado, 11 de julho de 2015

Resenha: Ender's Game - O Jogo do Exterminador


Título: Ender's Game - O Jogo do Exterminador 
Título Original: Ender's Game 
Série: Saga de Ender 
Autor: Orson Scott Card 
Editora: Devir   
Páginas: 383 
Ano: 2013   

Orson Scott Card em “O Jogo do Exterminador” (Ender’s Game) conseguiu trazer para as páginas de um livro uma história emocionante, profunda, cruel, sentimental e simples. Ender's Game é o tipo de livro em que não se consegue tirar os olhos dele, enquanto ele não acaba. Chorei, fiquei irritada, decepcionada e emocionada com essa obra que merece ser lida e relida. 
A história se passa em futuro em que a Terra já passou por dois ataques alienígenas. Tal que, conseguiu ser salva por Mazer Rackham que derrotou os abelhudos. Isso a primeira vista, tal que se teme uma nova guerra dessa raça tecnológica. Para isso fora criada a Frota Internacional para adaptar soldados para lutarem contra essas criaturas. 
Na Terra o mundo vive a merce de algumas novas regras, por causa das guerras, tal como a de que os casais não devem ter muitos filhos. Nesse cenário a família Wiggin tem três filhos, Peter, Andrew e Valentine, por causa de uma permissão especial do governo. 
Essas criança são gênios, mas apenas Andrew parece estar apto para a Escola de Guerra. Ele por ser o terceiro filho, acaba por sofrer bullying na escola e ser torturado por seu irmão mais velho Peter, longe de seus pais e com apenas sua irmã mais velha para defendê-lo do irmão, Valentine. Andrew é chamado de Ender. 
Ender usa um monitor na cabeça que analisa suas ações, mas certo dia este é tirado e ele é convidado para ir para a Escola de Guerra. O Coronel Graff, diretor da escola, vai atrás dele dizendo que é essencial que ele aceite ir  para escola com ele, seus pais são contra, até porque o menino tem seis anos de idade. Não obstante, não há nada que eles possam fazer. O menino aceita e vai com Graff. 
Ender vai para escola que fica fora da órbita terrestre, sabendo que não poderá voltar para casa por muitos anos. Os coronéis da escola acham que Ender tem capacidade para ser importante naquele lugar, tal que Graff acaba o engradecendo na frente de todos, o que faz os demais não gostarem do menino. 
O garoto se vê em um cenário, onde ninguém parece se importar com ele e toda vez que ele começa a se aproximar de alguém o afastam. Confesso que é bem complicado ver a maneira como ele é tratado e o quanto ele tenta lidar com seus sentimentos. 

"É de assassinos que eles precisam pras guerras dos abelhudos. Gente capaz de esmagar o rosto do inimigo no chão e espalhar o sangue dele por todo o espaço." - Ender 
Ele se vê em um cenário, onde Valentine não está para o ajudar. Um lugar onde ele tem que apreender a lidar sozinho. Não há para onde fugir ou a quem recorrer. A busca por poder parece ser o principal objetivo da escola, alunos e comandantes. 

"Bem, sou o que vocês queriam. Sou o maldito desgraçado que vocês queriam quando me criaram. Sou o seu instrumento, e que diferença faz se odeio em mim justo aquilo que vocês mais precisam..." - Ender. 
O espaço temporal do livro é corrido, mas é o que deixa a história ainda mais interessante. A história tenta pegar os pontos de vista dos demais personagens para compreendermos melhor o que está ocorrendo em volta do menino e na Terra. 
Os jogos são muito bem retratados, os objetivos e combates são muito interessantes. Por diversas vezes é como estar jogando com Ender. Os cenários e os personagens são bem definidos, assim como as conexões que os ligam são bem contruídas. 
O final é um pouco irritante. Não gostei muito de certa parte e conclusão que o autor utilizou, assim como os conceitos evolucionistas e um pouco machistas que estão intrínsecos nos diálogos. 
O livro causou certas polemica no período em que foi publicado, pois retrata as crianças de uma maneira antes nunca vista nesse tipo de literatura. A maneira com que são tratadas e o quanto se espera delas chega ser sufocante. Na visão que temos hoje de como uma criança deve ser tratada é quase que ignorada no livro. Se vê pequenas pessoas tendo que crescer muito rápido cercadas por regras e insensibilidades. 

" - Não sou um homem feliz, Ender. A humanidade não nos pede para sermos felizes. Ela só pede que sejamos brilhantes em nome dela. Primeiro a sobrevivência, depois a felicidade, se pudermos." 

A história fora adaptada para o cinema, mas não obtém muitas críticas positivas, não obstante esse é um papo para outro post

Sinopse:  

Adaptado para cinema em megaprodução de Hollywood dirigida por Gavin Hood (X-Men Origens: Wolverine) com um elenco de astros encabeçado por Harrison Ford (Guerra nas Estrelas, Blade Runner, Indiana Jones) e Asa Butterfield (A Invenção de Hugo Cabret), Ender’s Game: O Jogo do Exterminador é um romance clássico da ficção científica, com mais de três milhões de exemplares vendidos no mundo, ganhador dos principais prêmios da ficção científica. Ender’s Game: O Jogo do Exterminador (Ender’s Game) é a história de Ender Wiggin, em quem os comandantes militares colocam todas as suas esperanças, e do que ele sofre para sobreviver ao processo de brutalização psicológica imposto às crianças na Escola de Combate. Para dramatizar esse processo e ilustrar as dificuldades da luta contra um inimigo alienígena, Orson Scott Card criou o conceito da “sala de combate”, onde as crianças ensaiam batalhas em gravidade-zero – reproduzidas com maestria técnica no filme dirigido por Gavin Hood. Também no elenco, o ganhador do Oscar Ben Kingsley (Gandhi), e os indicados ao Oscar Viola Davis (Dúvida, Os Suspeitos), Hailee Steinfeld (Bravura Indômita) e Abigail Breslin (Pequena Miss Sunshine). 

Nota: 9/ 10
Blog Widget by LinkWithin
Comentários
25 Comentários

25 comentários:

  1. Oi!!
    Gente que enredo é esse????
    Me conquistou totalmente!!
    Esse título não me é estranho....acho que virou jogo também :D
    Beijos!!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee
      Virou sim, esse livro é antigo, a partir dele surgiu várias vertentes: Literárias, cinematográficas ou em jogo ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  2. Se não me engano já ouvi falar sobre esse livro, mas não tenho certeza, ele só me parece familiar. A premissa é bem interessante e já fiquei louco para ler hahaha
    A capa me lembrou muito X-Men, não sei porque... kkkk

    Estou seguindo o blog, curti muito!!!

    Abraços
    www.booksever.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca li o livro, mas se não me engano eu já vi o filme, e é muito legal!!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar nesse livro, também nem pudera né, não faz muito o meu gênero lietarário kkkk, porém o filme deve ser surreal!!!

    Desses Dias Meios

    ResponderExcluir
  5. realmente, depois desse post otimo, dá até vontade de comprar o livro!! beijos!
    http://biamariaf.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não tinha ouvido falar, mais gostei da resenha :)

    http://agarotasecreta14.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro,mas acho que já ouvi algo sobre o filme.
    Gostei muito do enredo, parece ser uma ótima leitura.
    Ótima resenha!

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Bem legal a resenha, não tinha visto esse livro ainda!
    Beeijos

    www.ataquedamodaa.com

    ResponderExcluir
  9. Eu nunca ouvi falar desse livro e pensava que era um jogo mesmo oh kkkkkk. A história parece ser bem legal, mas não sei. Acho que eu ficaria mesmo só com os filmes a respeito do mesmo. Acho que não faz bem o meu tipo de livro e por ser corrido, acho que isso me deixaria um pouco confusa.

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Eu li este livro na época que o filme foi lançado. Eu achei muito bom, mas algumas cenas eram um pouco chatinhas, principalmente a dos irmãos na Terra. Mas o filme eu achei ainda melhor!

    refugiorustico.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ágatha! Tudo bem? Na época do lançamento do filme eu me lembro que fiquei bem interessado em ver ele. Mas depois a vontade passou, sabe? Mas quem sabe se agora, não dou uma chance para o longa? Adorei o post! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. eu quero muito ler e assistir mais nao estou tendo muito tempo para ler, kkk beiijinhos

    http://hlanjens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Ágatha!
    Eu ainda não li o livro nem vi o filme, mas quero ler ou assistir! Esse livro é bem famoso entre os fãs de ficção científica.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  14. Oi Ágatha!
    Não li o livro ainda, mas assisti ao filme. Achei bem interessante, mas nada demais. Fiquei curiosa pelo livro.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  15. Oi
    Nem li o livro, eu tinha o filme no notebook para assistir mais formatou e acabei perdendo ele tenho que baixar de novo pois parece ser interessante de se assistir.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Ágatha, tudo bem?

    Sério que a adaptação cinematográfica não teve muitas críticas positivas? Eu adorei o filme!
    Mas lendo a sua resenha sobre o livro, que aliás foi a primeira que li, senti que o livro tende a ser mais "pesado", mais forte talvez? Não sei como expressar...hahaha
    Tomara que você faça mesmo um post sobre o filme, quero saber os pontos importantes que não foram abordados!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  17. Sou muito fã de ficção científica! Meu Deus! Como eu quero esse livro na minha estante. Não conhecia essa editora e, é claro, que vai estar nas minhas buscas quando for à livraria.

    Aguardo sua visita :)
    http://porredelivros.blogspot.com/2015/07/jackaby-de-william-ritter.html

    ResponderExcluir
  18. Oie Ágatha =)

    Faz tempo que estou querendo assistir a esse filme, mas sempre me esqueço rs... culpa dos animes que estão na minha lista no Netflix XDD

    Sabia da existência do livro, mas nunca cheguei a ver ele propriamente dito nem nas livrarias.

    Sua resenha me deixou ainda mais curiosa para conhecer a história *-*

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee
      Ele realmente é dificil de achar, é mais fácil online ;p
      Que bom *o*
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  19. O enredo desse filme é muito bom mesmo :) Eu infelizmente baixei em blu ray e assisti, e gostei bastante até. É um filme bom para se passar o tempo.

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Nunca li o livro, na verdade nem sabia que existia o.o
    Eu assisti o filme e gostei bastante, apesar de achar o final um pouco corrido demais.
    Bjs :*
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá Ágatha,

    Essa é a primeira resenha que leio desse livro, fiquei muito curioso, gosto do gênero e espero ler esse livro.....bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oi
    Ainda não tive chances de ler o livro, mas assisti ao filme e fiquei completamente encantada, talvez por não ter com o que comparar. Quero muito comprar essa série, tanto pra mim, tanto pra ler pro meu Miguelzinho.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco 

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee que lindo *o* Compre sim ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Screepeer - 2015. Todos os direitos reservados.
Design Por: Jordânia Queiroz.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo