terça-feira, 23 de junho de 2015

Caminho para fuga

Weheartit

Você não imagina o quanto caminhei para tentar esquecer ou quantos lugares pisei para não pensar no que passara. Eu nunca quis o cara perfeito, eu só queria preencher o vazio e eu jurava que estava funcionando. Nunca gostei de andar de mãos dadas e mesmo assim pegava na sua mão, enquanto riamos e eu acreditava que aquilo era real. Era a nossa loucura que eu jurava que parecia fazer sentido.
Quando te vi com a minha melhor amiga eu só sabia que precisava ir embora. Não planejei para que lugar, não planejei para onde ir ou onde ficar. Eu só precisava ir embora sem motivos para voltar. Desejei seguir em frente com todas as minhas forças, sem olhar para atrás.
Peguei minha mochila e joguei o básico dentro dela, enfiei uma barraca no saco de camping e peguei as moedas que tinha guardado para pagar a faculdade. Nunca tive muita certeza do que queria, não obstante eu só sabia que não podia ficar observando tudo o que estava ocorrendo. Não havia o que encarar, nem motivos para isso, só precisava me afastar de tudo e de todos.
Você nunca irá saber quantas vezes observei as estrelas pensando em nós depois de fazer trilhas durante horas em lugares que nunca imaginei que poderia estar. As lembranças foram minhas únicas companheiras, mas confesso que tentava afastar algumas. Tentava amar o caminho e lutar por cada sorriso que alcançava, não obstante as pessoas e as coisas paravam de fazer sentido.
Poderia dizer que na época o que mais doeu fora saber que foi com a minha melhor amiga, sinceramente, a ficha que você existia só fora cair quando ás lembranças vieram. Não irei dizer que não sofri ou que para mim fora indiferente, pelo contrário na maioria das vezes eu olhava para atrás durante meu caminhar e era como se você estivesse ali.
Lembro-me que depois que saí, meu fusca quebrou no dia seguinte em uma cidade no meio do nada. Tive que seguir uma linha de trem até avistar um motel na beira da estrada, o lugar era horrível e mal iluminado e o paguei para passar a noite em claro encarando a TV pequena com um sinal péssimo.
Você não sabe quantas vezes encarei as montanhas e implorei que para que você estivesse lá, pois mesmo com raiva ás vezes me esquecia do porque de ter partido. O céu confuso me descrevia melhor do que o dia ensolarado, nestes eu tentava encontrar o lado bom, mas nunca me parecia completo o suficiente.
Conheci outros estados e tive que parar em alguns para trabalhar por pelo menos uma semana a cada mês para ter grana e sobreviver com o básico. Comecei a perceber que observar as estrelas me deixava vazia e incompleta, tal que preferi começar a encontrar um bar ou outro, apenas para ouvir a musica, enquanto tentava ganhar alguma coisa na sinuca.
No canto do bar havia um casal, certa vez, eles me lembraram quem eu não deveria pensar. Então saí novamente a procura de qualquer outro lugar.
Não gostava de lembrar da minha então melhor amiga, na realidade, doía bem mais lembrar de alguém com quem eu cresci e que havia feito que jamais imaginara que pudesse ser capaz. Porém, você e ela se tornaram o pacote indesejado em minha mente. O caminho de fuga era conturbado, porém me ajudou a encontrar um belo lugar.
Não sei se acredito em finais felizes, não obstante tenho tentado novamente. Não irei dizer que encontrei alguém e finalmente direcionei minha vida algo, posso dizer que ainda estou perdida, não obstante tentando me encontrar.
Afinal, você nunca irá saber onde fui parar e ela nunca mais me ouvirá suspirar por você. Você nunca saberá que fui embora por sua causa, pois simplesmente, depois ver vocês dois eu não quis questionar. Deixar algo em aberto no passado não ajuda a continuar, não obstante acho que fui covarde mais para encarar.
Três anos se passaram e não há mais motivos para retornar. Sem família ou amigos que pudessem me prender naquele lugar. As vezes penso em fazer uma volta dramática, não obstante não acredito que iria adiantar, não há o que provar, apenas que ainda tento me encontrar.
Posso dizer que só apreendi a não confiar e a tentar viver. Cresci em minhas decisões e morri sentimentalmente. Mas, você nunca irá saber, mesmo assim, aqui estou eu sentada encarando o céu e pensando no que se foi. Pois, eu fugi de vocês, mas nunca das nossas lembranças.
Blog Widget by LinkWithin
Comentários
28 Comentários

28 comentários:

  1. Oi!!
    Nossa, que lindo e triste ao mesmo tempo.

    http://viciadasemlivros911.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Hoje tive uma nostalgia de algo parecido. é uma saudade boa e ao mesmo tempo doi :/
    | A Bela, não a Fera |
    | FB Page A Bela, não a Fera|

    ResponderExcluir
  3. Que lindo! Escreve muito bem! *--*

    http://vicioseliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adoro os teus textos !

    agarotasecreta14.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Que texto lindo, tocante.
    Ao mesmo tempo triste.
    Você escreve muito bem.
    Adoro crônicas.
    Beijos.

    http://www.leituradelua.com

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o texto. parabéns! Traição já machuca muito quando é só de uma pessoa, de duas então, deve ser horrível.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Que texto mais lindo <3 Amei, muito bom mesmo, parabéns;

    Beijos
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Aguenta coração!
    Lindo Ágatha! Lindo, real e visceral!
    Amei!
    beijinhos

    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  9. Oie Ágatha =)

    A nossa vida é feita desses momentos, alguns bons e outros nem tantos. Mas é justamente nesses momentos que ficamos mais fortes.

    Lindo texto!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee,
      Com certeza ;p
      Muito obrigadaa flor ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  10. Oi, Ágatha! Confesso que esse post me surpreendeu bastante... No fim ninguém procura a pessoa perfeita, mas para nós alguém sempre faz esse papel (por um tempo).

    Beijão, Guta! ♥
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou e sua interpretação é linda ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir
  11. Texto lindo apesar de ser um pouco triste, você escreve muito bem. :)
    http://corujasemasas.blogspot.com.br/
    Beijos! <3

    ResponderExcluir
  12. Lindo e triste
    ótimo texto
    http://eesmaltecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá Ágatha,

    Nossa o texto é muito bonito e você escreve bem demais, parabéns, certas atitudes são imperdoáveis, principalmente traição...bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee,
      Que bom que gostouu *o*
      Fico muito feliz ;p
      Beijinhos Screepeer

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Screepeer - 2015. Todos os direitos reservados.
Design Por: Jordânia Queiroz.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo