domingo, 13 de julho de 2014

Zumbi


São apenas lágrimas. Essas que dominam a minha face sempre que seu nome escuto alguém pronunciar. Perdendo-me no espaço, dentro de mim mesma. Sem mais uma vez saber como essas segurar.
Desesperos mútuos vêm a envolver-me em meio a gritos, em minha noite sem luar. Enquanto, para longe quero meu caminho trilhar, não obstante não consigo de você desviar, tal que me ponho a chorar sem um real porque, para me perguntar.
Foram tantos medos acumulado em um único ser, bem como as diversas imperfeições, para se notar, por todos os ângulos que se resolvesse observar.
Para onde fugir, não há, acredito eu desabar caso venha lhe encontrar, entretanto a ilusão de que talvez possa em seus braços envolver-me é maior do que posso suportar.
Possível é morrer de tristeza? Tal que se assim for, logo irei eu, este pobre ser, falecer.
Disseram-me que tudo isso posso suportar. Pergunto-me até quando? Ora quanto mais da minha vida terei que doar, mesmo que, hoje, já não tenha muito a oferecer.

Zumbi. Disso talvez o mundo possa me considerar, pois não sei muito para onde caminhar, ora do que me alimentar, ora do que falar. Andando sem rumo e luz que possa por completo me iluminar. Nesta vida sem sentido, onde pouco que tenho, alguns tendem á arrancar. Seu “seguir em frente” é cruz que devo eu carregar.
Blog Widget by LinkWithin
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Você escreve super bem!!! Parabéns! bjs
    dicasdrishop.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu adorei seu texto! Você está passando por algo parecido... ? bjs

    http://balacaramelo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada...Acho que è mais ficticio do real ;p
      Mistura um pouco da minha vida, mas de forma mais tragica e dramática.
      Beijinhod Screepeer

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Screepeer - 2015. Todos os direitos reservados.
Design Por: Jordânia Queiroz.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo