sexta-feira, 7 de março de 2014

Ser capaz de dizer “Eu te amo”


Dizem que nos acostumamos com a dor da perda e eu estava começando a trilhar meu próprio caminho. Até que em um momento de insanidade do destino te reencontrei. Não vou ser hipócrita e dizer que você apareceu do nada, a culpa foi minha, eu descobri como te encontrar e arrisquei. Quando eu te vi, não conseguia acreditar que era você. Seu olhar era o mesmo, assim como seu sorriso. Aquele sentimento me dominou novamente e mais uma vez eu fiquei sem saber como agir.
Passei o dia ao seu lado e percebi que ainda tremíamos perto um do outro. Cada segundo com você, depois de tanto tempo, ainda me faz sorrir. Mas, por alguns instantes eu me esqueci do sentimento que fica quando você vai embora. Da onde vem tudo isso? Porque tudo o que nasce dentro de mim quando você esta aqui, me sufoca quando você vai embora?
Tenho vontade de gritar com essa incapacidade. Não importa o que me dizem sobre nós dois, eu só sei que ainda não descobri como agir. Na verdade eu nunca soube. Desde, a primeira vez que te encarei, só sabia que estava perdida.
A pessoa mais complicada e inalcançável que eu já conheci. Com os valores mais complexos do que ir a busca de tentar arranjar um valor exato para PI. Eu realmente achei que eu era complicada, mas conheci alguém pior. O que não impede de minhas pupilas dilatarem e meu coração saltar mais que o do Pernalonga, quando te vejo.
Um dia eu achei que havia te superado, no outro estava no seu portão. Quem lê este texto pode por um milésimo de segundo pensar, que você foi um ex-namorado ou algo do tipo, mas acho que se nos conhecessem ririam da nossa situação. Talvez, só da minha. Mas, deve ser difícil alguém aceitar a ideia de nunca termos sequer nos abraçado de direito. Já tento se passado dois anos e mais longe que chegamos foram alguns abraços.
Julgamentos são o não falta. Mas, a coisa piora quando cito que eu: Amo muito tudo isso. Sinceramente em questão de desejo e sedução eu estou por fora e não tenho o mínimo interesse. O tipo de amor que busco não se encontra em qualquer lugar e eu acabei encontrando do meu lado.
Complicado não? Pois é, meus amigos riem da nossa timidez, mas sinceramente é o que eu mais gosto. Não quero que tudo aconteça de uma hora para outra, só gostaria de ser capaz de dizer “Eu te amo”.

Blog Widget by LinkWithin
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Screepeer - 2015. Todos os direitos reservados.
Design Por: Jordânia Queiroz.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo