quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Novo caminho




São 06:38 da manhã e meus pensamentos entraram em ordem, resolveram por si só armar uma guerra contra o meu coração e exigir liberdade. Há uma guerra dentro de mim, há muito tempo travada. E eu venho reprimindo-a, implorando para o meu coração vencer e o destino vir ao meu favor. Tudo para que ás lágrimas derramadas não tivessem sido em vão.
É engraçado ver o quão despreocupado é o mundo. Existem sentimentos que somente eu pareço ter necessidade de sentir, mas na realidade todos nós o desejamos, só não falamos em voz alta. Não procurei o amor clichê que todos pareciam estar interessados, procurei o fogo consumidor fantasioso. Não que eu tenha fechado os olhos para realidade, nunca, eu apenas desejava que ela não fosse tão real. Desejava que houvesse tal fogo que despertasse algo maior dentro de mim. Por um instante eu vivi isso, nada foi clichê conosco. Não fomos do tipo de casal comum, pelo contrário, fomos bem diferentes, algo que tento compreender até então. Porém, no final em vez do acavalo branco você partiu deixando o fogo que me consumiu aos poucos.
Eu lutei para seguir em frente, tentando levar você em minhas lembranças e em meu coração, e não importava o quanto isso me machucava eu só queria desejava você comigo de alguma maneira.

“Para que tanta tortura?”- Minha consciência me perguntava.

“Quero ser livre desse mesmo sentimento continuo que não para de me atormentar!” – Minha mente implorava.

“Nós conseguiremos” – Dizia meu coração.

Gostaria de ter o que responder para todos, para que talvez até eu pudesse viver em liberdade desse sentimento horrendo, mas eu não sabia. E por faltas de decisões meus sentimentos entraram em guerra. Hoje eu simplesmente decidi dar veredicto final: Dou liberdade as minhas lembranças e ao meu coração. Hoje eu resolvi parar de seguir minha  vida, baseada na esperança de ver. Não vou afirmar com total certeza que será tão simplesmente, porém depois de tempos, guardando esse fogo que me consumiu e me arrasou tanto. Acredito já estar na hora de trilhar um novo caminho.


Tenho a mais absoluta certeza, que muita das vezes ainda haverá guerra da razão contra o meu coração, algumas lembranças voltaram. Mas, hoje eu aceitei o que antes tanto doía aceitar: Que nada é para sempre e um dia temos que continuar. Esse não é o inicio de uma nova história, muito menos o fim, é apenas um novo caminho que quero trilhar em minha jornada. Não sei para onde vou, não sei o que vai ser, a única coisa que sei é que parei de viver tentando de reencontrar.
Blog Widget by LinkWithin
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Sempre haverá essa luta, a razão e o coração. Mas devemos com o tempo e com os erros saber a quem dar ouvidos. Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. lindo texto... quem nunca teve a duvida né... coração X razão

    Bjuuu
    Juliana Medeiros
    umabonecamasnaodeporcelana.blogspot.com.br
    facebook.com/UmaBonecaMasNaoDePorcelana

    ResponderExcluir
  3. Gostei do texto flor, muito bem escrito...mas é assim neh....coração rasão!!! Qual e quando ouvir neh....Passa no meu blog pra conhecer, se gostar e seguir, ctz ficarei feliz em seguir tb!!!
    www.makeolatras.blogspot.com.br
    Bjsss =]

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Screepeer - 2015. Todos os direitos reservados.
Design Por: Jordânia Queiroz.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo