quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Garotinha interior


Lá no fundo da minha alma há uma parte sombria, presa em um transito de ilusões perdidas
E de vez enquanto ela encontra a parte iluminada e a contamina
Fazendo todo o resto escurecer e meu corpo em dor cair
Em minha boca tem um sorriso e em meus olhos alegria, mas se olhar bem
Vera a garotinha perdida em meus olhos
Eu não tenho certeza de quando ela se perdeu, mas sei como
As ondas do mar não podem levar o vazio, pois já faz parte de mim e da garotinha
Às vezes escuto ela gritar e implorar por um destino, mas eu a calo
A calo com um sorriso para tentar amenizar sua dor
Eu sei como ela se sente e não me sinto diferente
Mas, como explicar para si própria que ás vezes temos que nos perder
Porém, nem sempre será fácil achar o caminho de volta
Posso perder minha luz de vez enquanto e adormecer com a minha alma
Sentir-me sozinha, mesmo que cercada de pessoas
Mas no fim tenho que criar forças de qualquer maneira e acordar minha alma
Recolher ás pedras do caminho, pois assim, talvez, o caminhar seja menos árduo
Enquanto não fica
Vivo amordaçando a garotinha perdida dentro de mim
Desejando um dia: fazê-la sorrir e expulsar a escuridão existente
Sempre tentando iluminar a minha alma

De todas ás maneiras possíveis
Blog Widget by LinkWithin
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Lindo, triste e profundo!
    Gostei!
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Depressividades da vida ;p
    hahaha
    Muito Obrigada, flor!
    Bjsss

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Screepeer - 2015. Todos os direitos reservados.
Design Por: Jordânia Queiroz.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo