segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Caixinha dolorosa


Sinto como se tivesse um espinho em meu coração
Espinho esse que faz todo o meu corpo gemer de dor
Não vejo mais a luz e minha alegria se esvaiu a tempos
Não sorrio mais como antes
Uma dor aqui dentro de mim me impede
Sinto que a caixinha dentro de mim, que a chamam de coração, está sendo torturada
Torturada sem dó e nem piedade
Quando ela vai parar de doer? Quando voltarei a ser feliz?
Sinto-me invalida, por não conseguir dar um passo sem que essas memórias me atormentem
É como se tivessem roubado uma parte de mim e não sei como recupera – lá
Rezo por misericórdia todos os dias, para que talvez eu consiga sorrir novamente, de verdade
O mundo parece tão cruel e confuso
O céu tão distante
Perdi-me num caminho que não sei se a volta
Tente me encontrar e me mostrar a luz, pois esqueci sua cor


Agatha Kripke
Blog Widget by LinkWithin
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Screepeer - 2015. Todos os direitos reservados.
Design Por: Jordânia Queiroz.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo